Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado anuncia os finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura 2022

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado anuncia os finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura 2022

20 obras foram selecionadas entre os 317 inscritos, sendo 13 finalistas mulheres. Vencedores estão previstos para serem revelados até o final deste ano

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo anunciou neste sábado (17) os 20 finalistas da 15ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura, o maior do País em premiação individual para o gênero. Serão contemplados um autor pela categoria “Melhor Romance do Ano de 2021” e outro como “Melhor Romance de Estreia do Ano de 2021”. Cada ganhador receberá o prêmio de R$ 200 mil. As mulheres representam 37% do total de obras concorrentes, sendo 13 delas finalistas. Os vencedores estão previstos para serem revelados até o final deste ano.

Neste ano a premiação alcançou a marca recorde de 317 inscritos, comparado ao ano anterior, quando houve 281. As inscrições foram de diversas regiões do Brasil e outros países, tais como: Reino Unido, Portugal, Itália, Espanha, França, além dos Estados Unidos

Os finalistas são avaliados pelo júri do Prêmio composto por: Carlos Herculano Lopes, Edimilson de Almeida Pereira, Nanni Rios, Erico Nogueira, Irineu Franco Perpetuo, Julie Dorrico, Kelvin Falcão Klein, Lucrecia Zappi, Cidinha da Silva e Rita Chaves

Confira os finalistas da 15ª Edição do Prêmio São Paulo de Literatura abaixo e no link do Diário Oficial do Estado de São Paulo:

Link:  https://bit.ly/3DxEfBV  

Melhor Romance do Ano de 2021
Aline Bei, Pequena coreografia do adeus (Editora Schwarcz)
Andréa Del Fuego, A Pediatra (Editora Schwarcz)
Antonio Xerxenesky, Uma tristeza infinita (Editora Schwarcz)
Fernando Bonassi, Degeneração (Record)
Mariana Salomão Carrara, É sempre a hora da nossa morte amém (Nós)
Micheliny Verunschk, O som do rugido da onça (Editora Schwarcz)
Natalia Borges Polesso, A extinção das abelhas (Editora Schwarcz)
Noemi Jaffe, Lili (Editora Schwarcz)
Silviano Santiago, Menino sem passado (Editora Schwarcz)
Tatiana Salem Levy, Vista chinesa (Todavia)

Melhor Romance de Estreia do Ano de 2021
Ana Kiffer e Marie-Aude Alia, O canto dela (Editora Patuá)
Fabiane Guimarães, Apague a luz se for chorar (Editora Schwarcz)
Fábio Horácio-Castro, O réptil melancólico (Editora Record)
Lilian Sais, O funeral da baleia (Editora Patuá)
Natália Zuccala, Cheia (Editora Urutau)
Rita Carelli, Terrapreta (Editora 34)
Roger Rocha, Ouro de Moscou (Editora Urutau)
Stênio Gardel, A palavra que resta (Editora Schwarcz)
Taiasmin Ohnmacht, Vozes de retratos íntimos (Livraria e Editora Taverna)
Thiago Souza de Souza, Jamais serei seu filho e você sempre será meu pai (Livraria e Editora Taverna)

Maior premiação do gênero
Criado em 2008, o Prêmio São Paulo de Literatura tem como objetivo estimular a produção literária de qualidade, valorizar o setor e favorecer a formação de leitores e escritores, reconhecendo grandes nomes e também novos talentos.
Mais informações no site do Prêmio São Paulo de Literatura https://premiosaopaulodeliteratura.org.br/.

Comentários:0 / Compartilhar:

Talvez você também goste de …

Comentar

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *