MELHOR LIVRO DO ANO

Ana Paula Maia

Assim na terra como embaixo da terra
Record


Nasceu em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro em 1977. É escritora e roteirista. Possui sete romances publicados, destacando-se:  De gados e homens (Record, 2013), Assim na terra como embaixo da terra (Recorde, 2017) e Enterre seus mortos (Companhia das Letras, 2018). É também autora da trilogia A saga dos brutos, publicada pela Record, iniciada com as novelas Entre rinhas de cachorros e porcos abatidos e O trabalho sujo dos outros (publicadas em volume único, 2009) e concluída com o romance Carvão animal (2011). Tem livros publicados na Alemanha, Argentina, França, Itália, Estados Unidos, Espanha e Sérvia.

ESTREANTE +40

Cristina Judar

Oito do sete
Reformatório

Cristina Judar é escritora e jornalista, pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Nasceu em São Paulo, em 1971. É autora das HQs Lina (Editora Estação Liberdade) e Vermelho, Vivo (Devir Brasil), contempladas pelo ProAc de HQ em 2009 e em 2011, respectivamente. Com o livro de contos Roteiros para uma Vida Curta (Editora Reformatório), foi finalista e Menção Honrosa no Prêmio SESC de Literatura 2014. É coautora do livro-arte Luminescências e, em 2015, escreveu o projeto de prosa poética Questions For a Live Writing após ter sido selecionada para uma residência artística na Queen Mary University of London. É uma das editoras da revista de arte e cultura LGBT Reversa Magazine. Contemplado pelo ProAC de Literatura 2014, Oito do sete é o seu primeiro romance.

ESTREANTE <em><strong>-</strong></em>40

Aline Bei

O peso do pássaro morto
Editora Nós


Aline Bei nasceu em São Paulo, em 1987. É formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em Artes Cênicas pelo Teatro Escola Célia-Helena. É colunista do site cultural Livre Opinião – Ideias em Debate e foi escritora convidada na Printemps Littéraire Brésilien, um encontro anual europeu de promoção e divulgação da cultura e da literatura lusófonas, na Sorbonne Université, França, em 2018. O peso do pássaro morto (Editora Nós, 2017), finalista do prêmio Rio de Literatura, é o seu primeiro livro.

Leia Mais →
Comentários:0 / Compartilhar:

MELHOR LIVRO DO ANO

Ana Paula MaiaAssim na terra como embaixo da terra (Record)
Carol BensimonO clube dos jardineiros de fumaça (Companhia das Letras)
Evandro Affonso FerreiraNunca houve tanto fim como agora (Record)
Heloisa SeixasAgora e na hora (Companhia das Letras)
Joca Reiners TerronNoite dentro da noite (Companhia das Letras)
Leonardo BrasilienseRoupas sujas (Companhia das Letras)
Marcelo MirisolaComo se me fumasse (Editora 34)
Márcia BarbieriO enterro do lobo branco (Patuá)
Micheliny VerunschkO peso do coração de um homem (Patuá)
Milton HatoumA noite da espera (Companhia das Letras)

ESTREANTES +40

Carlos Eduardo PereiraEnquanto os dentes (Todavia)
Cinthia KriemlerTodos os abismos convidam para um mergulho (Patuá)
Cristiano BaldiCorrer com rinocerontes (Não Editora)
Cristina JudarOito do sete (Reformatório)
José Roberto WalkerNeve na manhã de São Paulo (Companhia das Letras)
Leonor CioneO estigma de L. (Quelônio)

ESTREANTES -40

Aline BeiO peso do pássaro morto (Editora Nós)
José Almeida JúniorÚltima hora (Record)
Mauro PazEntre lembrar e esquecer (Patuá)
Tiago FeijóDiário da casa arruinada (Penalux)

Leia Mais →
Comentários:0 / Compartilhar:

CURADORES

Alcir Pécora
Isabel Santos Mayer
Jorge Saraiva Neto
Maria Fernanda Rodrigues
Rogério Pereira
JÚRI INICIAL

André de Leones
Camilla Dias
Cida Saldanha
Denilson Cordeiro
Juliana Gomes
Mariana Ianelli
Rafael Gallo
Ricardo Ramos Filho
Tiago Ferro
Wilson Alves-Bezerra
JÚRI FINAL

Jiro Takahashi
Julián Fuks
Moacir Amâncio
Neide Aparecida de Almeida
Ubiratan Brasil
Leia Mais →
Comentários:0 / Compartilhar: