MELHOR LIVRO DO ANO

Ana Paula Maia

Assim na terra como embaixo da terra
Record


Nasceu em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro em 1977. É escritora e roteirista. Possui sete romances publicados, destacando-se:  De gados e homens (Record, 2013), Assim na terra como embaixo da terra (Recorde, 2017) e Enterre seus mortos (Companhia das Letras, 2018). É também autora da trilogia A saga dos brutos, publicada pela Record, iniciada com as novelas Entre rinhas de cachorros e porcos abatidos e O trabalho sujo dos outros (publicadas em volume único, 2009) e concluída com o romance Carvão animal (2011). Tem livros publicados na Alemanha, Argentina, França, Itália, Estados Unidos, Espanha e Sérvia.

ESTREANTE +40

Cristina Judar

Oito do sete
Reformatório

Cristina Judar é escritora e jornalista, pós-graduada em Jornalismo Cultural pela FAAP. Nasceu em São Paulo, em 1971. É autora das HQs Lina (Editora Estação Liberdade) e Vermelho, Vivo (Devir Brasil), contempladas pelo ProAc de HQ em 2009 e em 2011, respectivamente. Com o livro de contos Roteiros para uma Vida Curta (Editora Reformatório), foi finalista e Menção Honrosa no Prêmio SESC de Literatura 2014. É coautora do livro-arte Luminescências e, em 2015, escreveu o projeto de prosa poética Questions For a Live Writing após ter sido selecionada para uma residência artística na Queen Mary University of London. É uma das editoras da revista de arte e cultura LGBT Reversa Magazine. Contemplado pelo ProAC de Literatura 2014, Oito do sete é o seu primeiro romance.

ESTREANTE -40

Aline Bei

O peso do pássaro morto
Editora Nós


Aline Bei nasceu em São Paulo, em 1987. É formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em Artes Cênicas pelo Teatro Escola Célia-Helena. É colunista do site cultural Livre Opinião – Ideias em Debate e foi escritora convidada na Printemps Littéraire Brésilien, um encontro anual europeu de promoção e divulgação da cultura e da literatura lusófonas, na Sorbonne Université, França, em 2018. O peso do pássaro morto (Editora Nós, 2017), finalista do prêmio Rio de Literatura, é o seu primeiro livro.

Leia Mais →
Compartilhar:

MELHOR LIVRO DO ANO DE 2016

Maria Valéria Rezende

Outros cantos
Alfaguara

Maria cruza o sertão – e a noite – num ônibus que a levará a algum ponto isolado do Nordeste, e relembra sua primeira incursão naquela região agreste, quarenta anos antes, em condições mais precárias e perigosas, seguindo um anúncio num diário oficial que lista municípios onde se precisava de alfabetizadores para o Mobral. As lembranças do tempo passado se cruzam a outras, e ao mesmo tempo com pessoas de coragem e pureza, que a ajudam a enfrentar as dificuldades do caminho. Com sutileza e domínio da narrativa, Maria Valéria Rezende vai compondo um retrato emocionante dessa mulher determinada, que sacrifica a própria vida em troca de algo maior.


Maria Valéria Rezende nasceu em 1942, em Santos, onde morou até os 18 anos. Em 1965 entrou para a Congregação de Nossa Senhora Cônegas de Santo Agostinho. Sempre se dedicou à educação popular, nas regiões de periferia e no meio rural. Desde 1986, mora em João Pessoa. Estreou na ficção em 2001, com a coletânea de contos Vasto mundo. Depois, dedicou-se a literatura infantojuvenil, escrevendo diversos títulos. Em 2005, publicou o elogiado romance O voo da guará vermelha e um ano depois, o livro de contos Modo de apanhar pássaros à mão. Em 2015, ganhou o prêmio Jabuti com o romance Quarenta dias. Seu mais recente lançamento, Outros cantos, foi vencedor da 58ª edição do Prêmio Casa de las Américas na categoria Literatura Brasileira em 2017.

AUTOR ESTREANTE (+40)

Franklin Carvalho

Céus e terra
Record

Céus e Terra conta a história de um menino pobre do sertão baiano, que é convocado para ajudar a salvar um homem crucificado. Os dois acabam morrendo. Como uma espécie de fantasma, o garoto de 12 anos começa a acompanhar a rotina da pequena cidade de Araci e assim passa a compreender os símbolos e tradições locais que não puderam ser integralmente assimilados durante sua breve vida terrena.

O baiano Franklin Carvalho se formou em jornalismo e enveredou pela carreira acadêmica. Céus e terra foi vencedor do Prêmio Sesc de Literatura de 2016 na categoria Romance e é resultado de suas pesquisas sobre a morte para o mestrado em antropologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Seus outros dois livros, Câmara e cadeia e O encourado, ambos lançados em 2009, apresentam temas como apocalipse e vampiros.

AUTOR ESTREANTE (ATÉ 40)

Maurício de Almeida

A instrução da noite
Rocco

Depois de anos desaparecido, um pai volta para casa, provocando, além de surpresa, uma avalanche de sentimentos contraditórios nos membros da família. Dialogando com a literatura de Osman Lins e Raduan Nassar, o autor cria belas metáforas para falar de situações e sentimentos como perdas, traição, frustração, solidão, medo e abandono, e dos traumas que cada um carrega, muitas vezes por uma vida inteira, e que influenciam as escolhas que fazemos ao longo dessa mesma vida. O retorno inesperado do pai ao seio dessa família nuclear, composta pela ex-mulher e filho apenas, causa um enorme mal-estar. O excesso de medo, a obediência servil, o conformismo acabam por transformar o narrador em prisioneiro de um destino indesejado.


O escritor nasceu em Campinas em 1982. É formado em antropologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Venceu o Prêmio Sesc de Literatura em 2007 na categoria contos com o livro Beijando Dentes (2008). Participou das coletâneas Como se não houvesse amanhã (2010) e O livro branco (2012) e tem contos publicados em diversas revistas e jornais, além de traduções para o espanhol na Machado de Assis Magazine e para o inglês no Contemporary Brazilian Short Stories.

Leia Mais →
Compartilhar:

MELHOR LIVRO DO ANO

Ana Paula MaiaAssim na terra como embaixo da terra (Record)
Carol BensimonO clube dos jardineiros de fumaça (Companhia das Letras)
Evandro Affonso FerreiraNunca houve tanto fim como agora (Record)
Heloisa SeixasAgora e na hora (Companhia das Letras)
Joca Reiners TerronNoite dentro da noite (Companhia das Letras)
Leonardo BrasilienseRoupas sujas (Companhia das Letras)
Marcelo MirisolaComo se me fumasse (Editora 34)
Márcia BarbieriO enterro do lobo branco (Patuá)
Micheliny VerunschkO peso do coração de um homem (Patuá)
Milton HatoumA noite da espera (Companhia das Letras)

ESTREANTES +40

Carlos Eduardo PereiraEnquanto os dentes (Todavia)
Cinthia KriemlerTodos os abismos convidam para um mergulho (Patuá)
Cristiano BaldiCorrer com rinocerontes (Não Editora)
Cristina JudarOito do sete (Reformatório)
José Roberto WalkerNeve na manhã de São Paulo (Companhia das Letras)
Leonor CioneO estigma de L. (Quelônio)

ESTREANTES -40

Aline BeiO peso do pássaro morto (Editora Nós)
José Almeida JúniorÚltima hora (Record)
Mauro PazEntre lembrar e esquecer (Patuá)
Tiago FeijóDiário da casa arruinada (Penalux)

Leia Mais →
Compartilhar:

MELHOR LIVRO DE ROMANCE DO ANO 2016

Bernardo CarvalhoSimpatia pelo demônio (Companhia das Letras)
Flávio IzhakiTentativas de capturar o ar (Rocco)
Javier Arancibia ContrerasSoy loco por ti, América (Companhia das Letras)
José Luiz PassosO marechal de costas (Alfaguara)
Maria Valéria RezendeOutros cantos (Alfaguara)
Michel LaubO tribunal da quinta-feira (Companhia das Letras)
Miguel Sanches NetoA bíblia do Che (Companhia das Letras)
Ricardo LísiasA vista particular (Alfaguara)
Silviano SantiagoMachado (Companhia das Letras)
Victor HeringerO amor dos homens avulsos (Companhia das Letras)

MELHOR LIVRO DE ROMANCE DO ANO - AUTOR ESTREANTE COM MAIS DE 40 ANOS

Antonio CestaroArco de virar réu (Tordesilhas | Alaúde)
Franklin CarvalhoCéus e terra (Record)
Martha BatalhaA vida invisível de Eurídice Gusmão (Companhia das Letras)
Priscila GontijoPeixe cego (7 Letras)
Tina CorreiaEssa menina: De Paris a Paripiranga (Alfaguara)

MELHOR LIVRO DE ROMANCE DO ANO - AUTOR ESTREANTE COM ATÉ 40 ANOS

Alexandre Marques RodriguesEntropia (Record)
André TimmModos inacabados de morrer (Oito e Meio)
Maurício de AlmeidaA instrução da noite (Rocco)
Raul RuasEm torno dos 26 anos: Quando predominam tons tristes, vaidosos e politicamente incorretos (7 Letras)
Robson ViturinoDo outro lado do rio (Nós)

Leia Mais →
Compartilhar:

CURADORES

Alcir Pécora
Isabel Santos Mayer
Jorge Saraiva Neto
Maria Fernanda Rodrigues
Rogério Pereira
JÚRI INICIAL

André de Leones
Camilla Dias
Cida Saldanha
Denilson Cordeiro
Juliana Gomes
Mariana Ianelli
Rafael Gallo
Ricardo Ramos Filho
Tiago Ferro
Wilson Alves-Bezerra
JÚRI FINAL

Jiro Takahashi
Julián Fuks
Moacir Amâncio
Neide Aparecida de Almeida
Ubiratan Brasil
Leia Mais →
Compartilhar:

CURADORES

Antonio Carlos de Moraes Sartini
Lígia Fonseca Ferreira
Rogério Pereira
Samuel de Vasconcelos Titan Junior
Sandra Regina Ferro Espilotro
JÚRI INICIAL

Adriano Schwartz
Claudia Abeling
Hélio de Seixas Guimarães
Jiro Takahashi
José Luiz Chicani Tahan
Luiz Fernando Telles
Maria da Aparecida Saldanha
Paula Valéria Andrade
Regina Pires de Brito
Vanessa Ferrari
JÚRI FINAL

Alcir Pécora
Alonso Alvarez
Cintia Alves
Flavio Cafiero
Leyla Perrone-Moisés
Leia Mais →
Compartilhar: