A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo publicou hoje no Diário Oficial os nomes do Conselho Curador do Prêmio São Paulo de Literatura de 2015. Os curadores são: José Castilho Marques Neto, Lígia Fonseca Ferreira, Márcia Elisa Garcia de Grandi, Pierre André Ruprecht e Samuel de Vasconcelos Titan Junior. O Prêmio São Paulo de Literatura foi lançado em 2008 e seleciona os melhores livros de ficção, no gênero romance, escritos em língua portuguesa, originalmente editados e publicados no Brasil.

Na próxima segunda-feira, 10 de agosto, será realizada a 1ª reunião do conselho. Na pauta, a posse dos curadores; seleção dos dez jurados que irão compor o júri inicial; definição do cronograma de trabalho da curadoria e jurados; avaliação de obras quanto ao cumprimento dos requisitos do edital; entre outras questões gerais sobre o concurso.

Confira o anúncio no Diário Oficial e veja os currículos dos curadores:

► José Castilho Marques Neto

Graduado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP) (1976) e doutorado em Filosofia pela USP (1992). Atualmente é professor-assistente-doutor da Universidade Estadual Paulista (Unesp) Júlio de Mesquita Filho, Campus de Araraquara. Exerce, desde 1988, funções de direção editorial junto à Editora Unesp. Desde abril de 1996, é diretor-presidente da Fundação Editora da Unesp. Especializou-se em editoração universitária, sendo consultor de organismos nacionais e internacionais de editoração e leitura. Foi secretário-executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura, vinculado aos Ministérios da Cultura e da Educação, de agosto de 2006 até abril de 2011, cargo que reassumiu em junho de 2013.

► Lígia Fonseca Ferreira

Bacharel com licenciatura plena em Letras pela USP. Mestrado em Análise Semiolinguística do Discurso pela Université de Paris XIII. Doutorado em Estudos Portugueses e Brasileiros pela Université de Paris III Sorbonne. Na França, lecionou na área de Estudos Portugueses e Brasileiros do Departamento de Letras da Université de Rennes 2, Bretanha. É docente do Departamento de Letras da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). É autora de Primeiras trovas burlescas de Luiz Gama e outros poemas (Martins Fontes, 2000) e Com a palavra Luiz Gama (Imprensa Oficial, 2011).

► Márcia Elisa Garcia de Grandi

Bibliotecária formada pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), com especialização em Sistemas Automatizados de Informação pela PUC Campinas. MBA em Gestão e Tecnologias da Qualidade pela Escola Politécnica da USP. Exerceu cargos de supervisão e direção em bibliotecas da USP e na Sociedade Brasileira de Cultura Inglesa-SP. Tem trabalhos publicados nas áreas de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Atualmente é bibliotecária da Faculdade de Medicina da USP. É membro da Câmara Setorial de Literatura do Conselho Estadual de Cultura e diretora Administrativo-financeiro da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições (Febab).

► Pierre André Ruprecht

Administrador pela FGV-SP. Foi professor de Metodologia da Pesquisa na área de Comunicação. Coordenou a área de multimeios e formação na Fundap, e ministrou cursos na área para o Senac, Fundação Cenafor, etc. Foi coordenador geral da assessoria da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e Gerente de Planejamento e dirigente em empresas, entre elas a Editora Brasiliense e, mais recentemente, gerente de projetos na área cultural. É tradutor e diretor executivo da SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura.

► Samuel de Vasconcelos Titan Junior

Samuel Titan Jr. é professor de Literatura Comparada na Universidade de São Paulo, onde também se doutorou. Como tradutor, assinou versões para o português de autores como Voltaire, Flaubert, Leiris, Bioy Casares, Salter e Enzensberger. É membro do conselho da revista Serrote e coordenador editorial do Instituto Moreira Salles. Como editor, dirige a coleção Fábula, publicada pela Editora 34.

Leia Mais →
Compartilhar:

Estão abertas as inscrições do Prêmio São Paulo de Literatura 2015

Foi publicado no Diário Oficial de São Paulo em 04 de julho de 2015 (p.115 e 116), o edital do Prêmio São Paulo de Literatura 2015. Podem ser inscritas obras inéditas do gênero romance de ficção, escritas em língua portuguesa, editadas e comercializadas no Brasil no ano de 2014. As inscrições podem ser feitas pelos autores ou pelas editoras no período entre 06 de julho a 19 de agosto de 2015.

Clique aqui para  conhecer o edital completo

Leia Mais →
Compartilhar:

Em resolução assinada pelo Secretario da Cultura do Estado de São Paulo, sr. Marcelo Mattos Araújo, em 30 de abril de 2015, foi instituido o Prêmio São Paulo de Literatura 2015. O edital específico do concurso, que estabele os prazos de inscrição e define outras questões, será publicado nos próximos dias.

Leia Mais →
Compartilhar: