Prêmio São Paulo de Literatura 2014 anuncia vencedores na próxima segunda-feira, dia 10

Prêmio São Paulo de Literatura 2014 anuncia vencedores na próxima segunda-feira, dia 10
Prêmio São Paulo de Literatura 2014, no Museu da Língua Portuguesa, no centro de São Paulo. Data: 10/11/2014. Local: São Paulo/SP. Foto: Edson Lopes Jr.
Prêmio São Paulo de Literatura 2014, no Museu da Língua Portuguesa, no centro de São Paulo. Data: 10/11/2014. Local: São Paulo/SP.
Foto: Edson Lopes Jr.

Maior prêmio literário do País  anuncia ganhadores em cerimônia no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo

 

No dia 10 de novembro, segunda-feira, o Prêmio São Paulo de Literatura 2014 revelará os três vencedores de sua sétima edição, em cerimônia no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, a partir das 20h. Promovido pelo Governo do Estado de São Paulo, o Prêmio é o maior do País em valor. São R$ 400 mil no total, sendo R$ 200 mil para o vencedor na categoria Melhor Livro do Ano e 100 mil para cada vencedor das categorias Melhores Livros do Ano Autores Estreantes – um com mais de quarenta anos e outro com até quarenta anos de idade.

A cerimônia, que contará com a presença dos finalistas, será apresentada pelo ator e músico Wandi Doratiotto. Neste ano, o destaque fica por conta dos romancistas cariocas que, juntos, somam sete indicações, seguidos por São Paulo (3), Rio Grande do Sul (3), Santa Catarina (3), Minas Gerais (2), Pernambuco (1) e Mato Grasso do Sul (1).

Entre as duas categorias, 153 obras de todo País entraram na competição. Dessas,  67 são de autores “veteranos”e 86 de estreantes. Todos são livros de ficção no gênero romance, escritos originalmente em língua portuguesa, com primeira edição mundial no Brasil e cuja comercialização tenha ocorrido no ano de 2013.

A ênfase no romance é uma característica do Prêmio São Paulo de Literatura desde sua criação, em 2008, inspirado no britânico Man Booker Prize. Atualmente, ele é executado em parceria com a organização social SP Leituras.

 

Confira os finalistas:

 

FINALISTAS

MELHOR LIVRO DO ANO 2013

Adriana Lisboa – Hanói (Alfaguara / Objetiva)

Alberto Martins – Lívia e o cemitério africano (Editora 34)

Ana Luisa Escorel – Anel de vidro (Ouro sobre azul)

Bernardo Carvalho – Reprodução (Cia. das Letras)

Carlos de Brito e MelloA cidade, o inquisidor e os ordinários (Cia. das Letras)

Joca Reiners Terron – A tristeza extraordinária do leopardo-das-neves (Cia. das Letras)

Marco Lucchesi – O bibliotecário do imperador (Globo Livros)

Michel Laub – A maçã envenenada (Cia. das Letras)

Rodrigo Lacerda – Carlos Lacerda – A República das abelhas (Cia. das Letras)

Sérgio Rodrigues – O drible (Cia. das Letras)

 

MELHORES LIVROS DO ANO – AUTORES ESTREANTES

+ 40 ANOS

Amilcar Bettega – Barreira (Cia. das Letras)

Cadão Volpato – Pessoas que passam pelos sonhos (Cosac Naify)

Marcelino Freire – Nossos ossos (Record)

Flavio Cafiero – O frio aqui fora (Cosac Naify)

João Anzanello Carrascoza – Aos 7 e aos 40 (Cosac Naify)

Rogerio Pereira – Na Escuridão, amanhã (Cosac Naify)

Verônica Stigger – Opisanie swiata (Cosac Naify)

 

ATÉ 40 ANOS

Ieda Magri – Olhos de bicho (Rocco)

Laura Erber – Esquilos de Pavlov (Alfaguara / Objetiva)

Marcos Peres – O evangelho segundo Hittler (Record)

Compartilhar: