Conheça o projeto Bogotá 39, ação literária da Colômbia

Conheça o projeto Bogotá 39, ação literária da Colômbia

Em janeiro, a autoras brasileiras Mariana Torres e Natalia Borges Polesso participaram de um projeto bem interessante: a edição 2017 do Bogotá 39, ação promovida pelo Hay Festival em Cartagena das Índias, na Colômbia. A ideia é selecionar 39 autores que ainda não completaram 40 anos, celebrar a boa literatura e refletir a diversidade das letras latino-americanas. O programa incluiu uma série de encontros e palestras.

A diversidade da lista é grande. Os autores são de 15 países como como Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Guatemala, México, Peru, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. A idade de corte é um tanto sui generis: o escritor Gabriel García Márquez terminou de escrever Cem Anos de Solidão – sua obra mais conhecida – quando tinha 39 anos.

Os brasileiros Santiago Nazarian e Verónica Stigger – finalista e vencedora do Prêmio São Paulo – foram selecionados para a primeira edição do festival. Eles se somaram aos outros autores escolhidos em 2007 e estiveram encarregados de fazer uma primeira seleção de nomes, aos quais se somaram as propostas apresentadas por editoras – independentes ou não.

Para o jornal El Pais, “A seleção do Hay Festival de Cartagena é janela aberta ao que se une e distancia essa geração…. Eles representam, de alguma forma, uma geração. Algumas das melhores mentes dessa geração. São 39 propostas para continuar a ler”.

Diz o site do festival que o objetivo do Bogotá39 – 2017 não se limita a celebrar o trabalho dos autores, mas também facilitar a circulação da obra por meio de uma antologia a ser publicada este ano em diversos países.

Confira a lista completa abaixo dos autores selecionados —>

 

  • Alan Mills (Guatemala)
  • Brenda Lozano (México)
  • Carlos Fonseca (Costa Rica)
  • Carlos Manuel Álvarez (Cuba)
  • Claudia Ulloa Donoso (Peru)
  • Cristian Romero (Colômbia)
  • Damián González Bertolino (Uruguai)
  • Daniel Ferreira (Colômbia)
  • Daniel Saldaña París (México)
  • Diego Erlan (Argentina)
  • Diego Zúñiga (Chile)
  • Eduardo Plaza (Chile)
  • Eduardo Rabasa (México)
  • Emiliano Monge (México)
  • Felipe Restrepo Pombo (Colômbia)
  • Frank Báez (República Dominicana)
  • Gabriela Jauregui (México)
  • Giuseppe Caputo (Colômbia)
  • Gonzalo Eltesch (Chile)
  • Jesús Miguel Soto (Venezuela)
  • Juan Cárdenas (Colômbia)
  • Juan Esteban Constaín (Colômbia)
  • Juan Manuel Robles (Peru)
  • Juan Pablo Roncone (Chile)
  • Laia Jufresa (México)
  • Liliana Colanzi (Bolívia)
  • Lola Copacabana (Argentina)
  • Luciana Sousa (Argentina)
  • María José Caro (Peru)
  • Mariana Torres (Brasil)
  • Martín Felipe Castagnet (Argentina)
  • Mauro Javier Cárdenas (Equador)
  • Mauro Libertella (Argentina)
  • Mónica Ojeda (Equador)
  • Natalia Borges Polesso (Brasil)
  • Samanta Schweblin (Argentina)
  • Sergio Gutiérrez Negrón (Porto Rico)
  • Valentín Trujillo (Uruguai)
  • Valeria Luiselli (México)

 

Leia mais —>

http://www.hayfestival.com/bogota39/bogota39-2017.aspx

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/01/19/cultura/1516376790_462513.html

https://brasil.elpais.com/brasil/2017/05/05/cultura/1493956689_793884.html

Comentários:0 / Compartilhar:

Comentar

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *